Posicionamentos na radiologia veterinaria

Se você quiser se tornar um radiologista veterinário ou ajudar o especialista durante a aplicação do exame, é importante conhecer os posicionamentos mais comuns do diagnóstico por imagem.

Separamos, primeiramente, as nomenclaturas mais comuns. Depois, as posições mais solicitadas durante os exames.

Confira!

  • Caudal: se refere às partes de trás da cabeça e do pescoço, voltadas para a cauda do animal
  • Craniana: é o contrário da caudal, ou seja, se refere às partes do pescoço, tronco e rabo virado para a direção da cabeça
  • Distal: tem a ver com tudo o que está distante do centro do corpo. Por isso, distal. As extremidades dos membros superiores e inferiores são bons exemplos
  • Dorsal: remete à parte de trás do nosso corpo, isto é, tudo que é oposto ao ventre/ventral
  • Palmar: é como se fosse a nossa palma da mão
  • Plantar: é equivalente à nossa planta do pé. Logo, corresponde às patas traseiras do animal
  • Proximal: extremidade de um membro ou outra parte mais próxima ao ponto de fixação
  • Rostral: tudo que está em direção à cabeça ou ao focinho do animal
  • Arcadas superior e inferior: são os dentes dos animais, sejam na arcada de cima ou na de baixo
  • Ventral: oposto ao dorsal. Abdômen, por exemplo.

Agora vamos falar sobre os posicionamentos mais conhecidos:

  • Látero lateral: o animal fica deitado de lado na maca. É a posição usada na grande maioria dos exames, como nas radiografias de intestinos, aparelho urinário e de tórax
  • Dorsoventral: o animal fica deitado de barriga para baixo e com o queixo apoiado na maca. A posição também é bastante comum em exames de abdômen e coluna vertebral
  • Látero lateral oblíqua de boca aberta: o animal fica deitado de lado na maca, mas com a cabeça apoiada em uma superfície, formando um ângulo oblíquo, e com a boca aberta. Usada em exames odontológicos
  • Látero lateral oblíqua de boca fechada: procedimento igual ao anterior, mas com a boca fechada. Utilizado em exames odontológicos para observar a mordida do animal, por exemplo
  • Frontal: animal deitado com as costas apoiadas na maca e com a cabeça alinhada, com o nariz apontado para cima. Posicionamento usado em ressonâncias magnéticas de coluna cervical.