A insuficiência cardíaca congestiva (também chamada de insuficiência cardíaca) ocorre quando a capacidade do coração de bombear é tão fraca que o fluido se acumula em diferentes partes do corpo. Em animais de estimação, o tipo mais comum de insuficiência cardíaca causa o acúmulo de líquido nos pulmões ou ao redor deles. Os sinais mais comuns em animais de estimação são tosse, dificuldade para respirar, menos energia, menos interesse em comer ou desmaios.  A insuficiência cardíaca pode ser causada por vários tipos de doenças cardíacas, principalmente em animais de estimação mais velhos.

Em cães, a doença cardíaca mais comum ocorre na válvula mitral. Com a idade, essa válvula começa a vazar, fazendo com que o coração cresça e, com o tempo, o coração falhe. Os cães também podem ter um músculo cardíaco enfraquecido que também faz com que o coração fique maior com o tempo. Conforme o músculo enfraquece, o fluido pode começar a se acumular nos pulmões ou na barriga.

Os gatos têm um tipo diferente de doença cardíaca que faz com que o músculo cardíaco fique muito grosso. Com o tempo, esse problema do músculo cardíaco pode causar insuficiência cardíaca. Muitas doenças cardíacas em gatos são genéticas e ocorrem em raças especiais, mas os gatos de raça mista também estão em risco.

Uma vez que os animais de estimação estejam tomando remédio para o coração, eles precisam fazer exames de sangue regulares para ter certeza de que os outros órgãos ainda estão saudáveis, mesmo enquanto tomam o novo medicamento. Os exames de sangue geralmente são feitos com o veterinário da família e revisados ​​por cardiologistas veterinários.

Só um médico veterinário pode ajudar a decidir se os animais tem insuficiência cardíaca e até mesmo como começar a tratá-la.