Especializada em diagnóstico por imagem, Imex Medical Group investe em linha própria de equipamentos, inovação e service para ampliar sua atuação no mercado veterinário

Apesar de nascer voltada ao mercado da saúde humana, a Imex Medical Group cresce no mercado de Saúde Veterinária. Por acreditar neste segmento, conseguiu oferecer soluções que atendem às diferentes necessidades dos clientes. E a pandemia não tem sido empecilho para a companhia pôr em prática seus objetivos neste setor. “Já fizemos cinco grandes lançamentos de produtos no primeiro semestre de 2020, resultado de um investimento em pesquisa e desenvolvimento”, afirma Gabriel Lebarbenchon, gerente de Marketing da companhia.

A Imex Medical Group já tem atuação consagrada no segmento de Saúde Humana. Oferece aos mercados de clínicas, hospitais e profissionais autônomos soluções em equipamentos para diagnósticos por imagem. Através de um portfólio diferenciado, é considerada hoje uma das maiores empresas nacionais neste segmento.

DIAGNÓSTICO SEGURO

No setor veterinário, a empresa oferece produtos nas áreas de ultrassonografia, raios-x (fixos, portáteis e móveis), ressonância magnética, tomografia computadorizada e detectores de raios-x digitais.

Para a área de service, também dispõe de suporte, treinamento e oferece manutenção (quando necessária) para a correta utilização de suas soluções. “Este é um grande diferencial de nossa empresa, pois todo nosso time de service está altamente capacitado a instruir o cliente a se beneficiar do máximo rendimento e eficiência dos equipamentos”, sublinha Lebarbenchon.

No setor veterinário, a empresa oferece produtos nas áreas de ultrassonografia, raios-x (fixos, portáteis e móveis), ressonância magnética, tomografia computadorizada e detectores de raios-x digitais.

 MARCA PRÓPRIA

Todo o portfólio de produtos citado pertence à Imex Medical VET – uma marca de produtos da empresa. A Imex Medical Group investe na nova estratégia de lançar equipamentos com marca própria. Esta visão é resultado de um planejamento de longo prazo elaborado com o objetivo de ampliar a gama de produtos, personalizar tecnicamente os equipamentos e construir uma identidade junto ao cliente.

“Apenas neste primeiro semestre já conseguimos realizar o lançamento de cinco novos produtos: arco cirúrgico, ultrassom portátil, raios-x portáveis, tomografia computadorizada e ressonância magnética”, pontua Lebarbenchon.

SAÚDE ANIMAL X HUMANA

Para o gerente de Marketing da companhia, o mercado vet é mais recente na área de diagnóstico médico. Possui profissionais que já nasceram na era do digital. Por isso, entendem e buscam soluções cada vez mais tecnológicas e inovações para o segmento. “Muitas vezes são pequenas clínicas e até mesmo profissionais liberais que procuram equipamentos portáteis que facilitam seu deslocamento.”

Comparando esse segmento com o mercado de saúde humana, em que a Imex tem tradição, a grande diferença está, segundo o executivo, no perfil do cliente. “Na área da saúde humana, muitas vezes, os clientes são grandes grupos econômicos e governamentais, e o processo de compra é mais longo e a tomada de decisão é realizada por um grupo de pessoas formado por médicos, físicos, engenheiros etc”, diz Lebarbenchon. Já o local da utilização dos equipamentos também muda, sendo normalmente destinados a hospitais ou clínicas.

No mercado vet, segundo ele, muitos clientes são profissionais autônomos e/ou clínicas particulares e, por isso, a tomada de decisão é mais rápida. “Além disso, os clientes deste segmento muitas vezes levam em consideração, ao escolher a solução, a relação mobilidade x tecnologia do equipamento.”

Gabriel Lebarbenchon, gerente de Marketing da Imex Medical Group: “investimento em pesquisa e desenvolvimento”

RESPONSABILIDADE DURANTE A PANDEMIA

Com a pandemia do novo coronavírus, a Imex adotou práticas rigorosas visando a proteção de seus colaboradores. Desde o início da crise sanitária a empresa está realizando campanhas semanais de endomarketing com o objetivo de orientar e conscientizar os funcionários com relação à sua proteção. “Distribuímos ainda kits de EPI (Equipamentos de Proteção Individual) e orientamos, no início, a fazerem home-office.”

Com o passar do tempo, o time administrativo da companhia, que atua na matriz em Santa Catarina, está voltando a trabalhar presencialmente na empresa em escala de até 50% da equipe. Os demais ainda atuam em formato de home-office. Quanto à atuação do time comercial, isso é variável. Depende sempre das orientações governamentais locais. “Por isso, nos adequamos a cada realidade.”

Já o time de service foi o mais afetado na Imex, pois sua rotina consiste em visitas a hospitais e clínicas, o que exige cuidado redobrado. Para os colaboradores desta área, a empresa fornece EPIs (máscara, protetor facial e roupa especial) e disponibiliza canais de orientação psicológica.

Imex Medical Group investe na estratégia de lançar produtos com marca própria no mercado veterinário.

FUTURO PROMISSOR

“Com a pandemia, todo o Brasil parou e nós tivemos que adiar nossos planos. Porém, estamos confiantes que após a retomada da economia, estaremos mais fortes do que antes”, projeta Lebarbenchon.

E no cenário de retomada, a Imex aposta em um futuro ainda mais promissor dentro do setor veterinário. E isso ficará evidente logo após o final da crise sanitária. “Nossas expectativas são positivas, temos a confiança que o mercado irá voltar superaquecido”, acredita Lebarbenchon.

Segundo ele, a empresa está aproveitando este momento para aperfeiçoar seus processos internos, capacitando o time de vendas e planejando uma restruturação da área comercial voltada a este segmento.

Mas, na visão do executivo, o pós-pandemia deverá trazer mudanças. “Acredito que as relações irão mudar. Nosso entendimento em relação ao cliente irá ser mais próximo, muito mais humano e pensando no bem-estar alheio. Com toda esta pandemia, aprendemos a pensar na saúde do outro e, com certeza, isso irá refletir em uma sociedade mais acolhedora”, acredita Lebarbenchon.